O governador de Minas, Romeu Zema, participou da inauguração do Laboratório de Biologia Molecular para realização de diagnósticos da covid-19 e de outras doenças no município via SUS. A unidade, em fase final de implantação, ficará localizada no Hospital Dr. José Maria Morais (antigo Siderúrgica), onde foram investidos mais de R$ 1 milhão em obras e aquisição de equipamentos. A iniciativa da administração municipal visa dar celeridade aos resultados dos diagnósticos por meio da técnica Real Time PCR (PCR em Tempo Real ? RT/PCR), que é considerado o método mais eficaz para se detectar o vírus.

Segundo o prefeito de Fabriciano, Marcos Vinícius Bizarro, o laboratório trará benefícios não só para o Vale do Aço, como também para o Leste de Minas, Vales do Mucuri e Jequitinhonha e para a região Norte. ?Além de aumentar a velocidade do diagnóstico, vamos conseguir reduzir custo em 30%. Em menos de 1 hora, teremos os resultados do exame, não só para covid, mas para outras viroses, como dengue e chikungunya?, disse.

O laboratório possui três setores nas dependências do HJMM. São eles, Setor A ? Extração e detecção de DNA e RNA; Setor B ? Preparação de PCR; Setor C ? Armazenamento de reagentes e amostras e suporte administrativo.

Também participaram da agenda o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti; o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, deputados federais e estaduais; o vice-presidente da Fiemg, Luciano Araújo; entre outras autoridades.